Compra de imóvel com o FGTS para 2017

Saiba mais sobre casas para alugar em Curitiba

As imobiliárias explicam como funcionará a compra de imóveis utilizando o FGTS em 2017. Em fevereiro deste ano, novas regras para uso do FGTS válidas até 31 de dezembro. As mudanças são referentes ao aumento do valor máximo de avaliação para imóveis novos e ao limite de prestações em atraso.

O limite de prestações em atraso para pagamento com FGTS passou de 3 para um total de 12. E também há o novo valor máximo de avaliação para compra de imóvel residencial novo. O limite ficou em R$ 1,5 milhão, e será aplicado para contratos realizados entre 20 de fevereiro e 31 de dezembro de 2017 para todos os estados. Para consórcio vale a data de compra do imóvel.

Os limites de avaliação para a compra de imóvel residencial usado permanecem fixados em R$ 950 mil para os Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo e no Distrito Federal, e R$ 800.000,00 para os demais estados.

Os procedimentos operacionais pra uso do FGTS também foram modificados e estão disponíveis no novo Manual da Moradia Própria.